Formulário de procura

O Veterinário responde

Veja aqui as mais populares e mais recentes perguntas feitas ao nosso veterinário.

Pergunta enviada

O nosso veterinário responderá à sua questão em breve.

Saiba tudo
sobre nutrição,
saúde e bem-estar
do seu animal de
estimação.

Conheça o nosso veterinário

Dr. Carlos Sousa

Carlos Sousa, licenciou-se pela Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa em 1991, realizando um sonho que alimentava desde criança.

Completou a sua licenciatura com o estágio curricular, na Faculdade Veterinária de Leon, em Espanha, e no Instituto Veterinário do Parque, em Lisboa.

Trabalhou na União Zoófila de Lisboa, no Consultório Veterinário do Barreiro e no Hospital Veterinário dos Foros, antes de realizar um internato de um ano na École Veterinaire D’Alford, em França, nas áreas de cirurgia, ecografia e medicina interna de animais de companhia.

Carlos Sousa, licenciou-se pela Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa em 1991, realizando um sonho que alimentava desde criança.

Completou a sua licenciatura com o estágio curricular, na Faculdade Veterinária de Leon, em Espanha, e no Instituto Veterinário do Parque, em Lisboa.

Trabalhou na União Zoófila de Lisboa, no Consultório Veterinário do Barreiro e no Hospital Veterinário dos Foros, antes de realizar um internato de um ano na École Veterinaire D’Alford, em França, nas áreas de cirurgia, ecografia e medicina interna de animais de companhia.

Durante este período frequentou diariamente a clínica oftalmológica do conceituado oftalmologista Marc Simon, com quem participou em inúmeras consultas e cirurgias oftálmicas, tendo então despertado particular interesse por esta área.

Ao longo dos 20 anos que se seguiram, participou em centenas de congressos e cursos em todo o mundo.

Realizou por várias vezes períodos de treino prático em Hospitais Veterinários de referência em Espanha, França, Reino Unido e EUA, em áreas como oftalmologia, ortopedia, medicina interna e emergências médicas.

Realizou várias formações na área de Gestão Médica.

Fundou, em 1994, a Clínica Veterinária da Póvoa, que num percurso de crescimento deu lugar ao Hospital Veterinário da Póvoa, onde é atualmente diretor clínico.

Perguntas

Rute Aroso

Boa tarde.Tenho um cão pequinês, de 10 anos. Ultimamente o um dos olhos tem estado opaco. Que devo fazer? Costumo limpar com soro, mas torna a ficar igual.Muito obrigada pela atenção

O veterinário responde

Boa tarde Rute,

O sinal que refere é muito inespecífico embora seja revelador de uma alteração oftalmológica. Assim sendo, recomendo que seja consultado pelo seu médico veterinário que, através de um exame físico e exames, possa diagnosticar o problema e instaurar a terapêutica mais adequada.

Obrigado,

Carlos Sousa

Andreia

Olá boa noite qual a melhor ração para um bulldog francês piqeno.?

O veterinário responde

Boa tarde Andreia,

Existem no mercado uma grande variedade de rações que efetivamente apresentam diferenças de qualidade e de preço. Deverá escolher uma ração que esteja associada a uma marca de referência e indicada para o seu animal (raça, peso, idade, etc). Uma boa ração deverá preencher todas as necessidades nutricionais para o animal, não sendo preciso introduzir outros alimentos.

Obrigado,

Carlos Sousa

Sofia

Boa tardeadoptei hoje uma cadela com 3 meses, mas tenho já uma com quase 4 anos, como posso fazer para a cadela adulta aceitar a mais jovem?A adulta ladra bastante alto e bate.lhe com a pata

O veterinário responde

Boa tarde Sofia,

A integração de um novo animal deve ser feita de forma gradual e sob atenta vigilância dos tutores. Nos primeiros dias existe sempre uma curiosidade por parte do membro mais antigo da família em relação ao mais recente. Deve, portanto, promover uma interação, numa primeira instância ,sem contacto físico e depois, gradualmente promover esse contacto de forma vigiada. Uma questão muito importante prende-se com o facto de dar ainda mais atenção e mimo ao membro mais antigo a partir do momento em que há um novo elemento em casa, de forma a este entender essa chegada como algo que foi benéfico para ele.

Caso os problemas de integração se mantenham, poderá optar por procurar ajuda junto de um especialista em comportamento animal.

Obrigado,

Carlos Sousa

Carla Marques

Boa tardeNo dia de hoje adoptei uma cadelinha de 3 meses, mas tenho uma outra cadela com quase 4 anos, e não sei como as aproximar, a cadela grande ladra e bem alto à pequenina e tenho medo que a morda.Que posso fazer? Queria que elas se dessem bem

O veterinário responde

Boa Noite Carla,

A introdução de um novo animal numa casa onde já existem um ou mais animais, tem que ser feita de forma criteriosa. Há que respeitar o fato do território ser quase tão importante para um animal, como a comida. Assim, invadir de forma brusca o espaço de um animal que já o habitava, não é justo, nem prudente.

O animal a ser introduzido, deve estar fechado ao ser apresentado ao habitante mais antigo da casa, que assim não sentirá tanto a ameaça de invasão, enquanto tem tempo de satisfazer a sua curiosidade e de se habituar ao cheiro do visitante.

É muito importante que toda a atenção, no momento da apresentação, se centre exclusivamente no animal mais antigo, de forma a que este associe a presença do novo elemento a vantagens acrescidas para si.

Obrigado,

Carlos Sousa

Patricia

Bom dia!A minha gata tem estado muito quieta para o que é normal.Não come,bebe,brinca...passa o tempo a dormir.Tenho notado que está com uma queda de pêlo fora do normal.O que fazer?

O veterinário responde

Boa noite Patricia,

Os sinais clínicos que a sua gata apresenta são muito inespecíficos sendo impossível chegar a um diagnóstico e deste modo aconselhar qualquer tipo de terapêutica.

Recomendo, então,  que procure ajuda do seu médico veterinário, com brevidade. Este irá realizar um exame clínico completo, recorrendo, eventualmente a exames complementares para alcançar um diagnostico e deste modo fazer o tratamento adequado.

Obrigado,

Carlos Sousa