Formulário de procura

O Veterinário responde

Fale com o nosso veterinário e esclareça as suas dúvidas..

Pergunta enviada

O nosso veterinário responderá à sua questão em breve.

Saiba tudo
sobre nutrição,
saúde e bem-estar
do seu animal de
estimação.

Conheça o nosso veterinário

Dr. Carlos Sousa

Carlos Sousa, licenciou-se pela Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa em 1991, realizando um sonho que alimentava desde criança.

Completou a sua licenciatura com o estágio curricular, na Faculdade Veterinária de Leon, em Espanha, e no Instituto Veterinário do Parque, em Lisboa.

Trabalhou na União Zoófila de Lisboa, no Consultório Veterinário do Barreiro e no Hospital Veterinário dos Foros, antes de realizar um internato de um ano na École Veterinaire D’Alford, em França, nas áreas de cirurgia, ecografia e medicina interna de animais de companhia.

Carlos Sousa, licenciou-se pela Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa em 1991, realizando um sonho que alimentava desde criança.

Completou a sua licenciatura com o estágio curricular, na Faculdade Veterinária de Leon, em Espanha, e no Instituto Veterinário do Parque, em Lisboa.

Trabalhou na União Zoófila de Lisboa, no Consultório Veterinário do Barreiro e no Hospital Veterinário dos Foros, antes de realizar um internato de um ano na École Veterinaire D’Alford, em França, nas áreas de cirurgia, ecografia e medicina interna de animais de companhia.

Durante este período frequentou diariamente a clínica oftalmológica do conceituado oftalmologista Marc Simon, com quem participou em inúmeras consultas e cirurgias oftálmicas, tendo então despertado particular interesse por esta área.

Ao longo dos 20 anos que se seguiram, participou em centenas de congressos e cursos em todo o mundo.

Realizou por várias vezes períodos de treino prático em Hospitais Veterinários de referência em Espanha, França, Reino Unido e EUA, em áreas como oftalmologia, ortopedia, medicina interna e emergências médicas.

Realizou várias formações na área de Gestão Médica.

Fundou, em 1994, a Clínica Veterinária da Póvoa, que num percurso de crescimento deu lugar ao Hospital Veterinário da Póvoa, onde é atualmente diretor clínico.

Coloque-nos as suas dúvidas

Esta área de perguntas e respostas só está disponível para Portugal. No entanto, poderá consultar em baixo as questões colocadas pelos utilizadores ao nosso veterinário.

PAULO BATISTA

A minha gatinha, com cerca de 10 anos, não está "castrada", e tem tido um cio muito prolongado. Desde ontem está muito apatica, come se eu le levar o comer e fez chichi durante a noite, mas não sai da caminha dela. Massajo a barriga e ela esticasse toda.

O veterinário responde

Bom dia Paulo,

São inúmeras as causas que podem conduzir ao quadro de prostração (abatimento) que refere. Estes são sinais muito inespecíficos que evidenciam desconforto por parte do animal e podem, portanto, estar presentes em qualquer afeção. Independentemente da sua origem, os gatos, contrariamente aos cães, são extremamente sensíveis no que toca a períodos de carência alimentar, pelo que três dias sem se alimentarem corretamente podem conduzir a problemas sérios.

Por tudo isto, é da maior importância que se dirija com brevidade ao seu médico veterinário para que seja efetuado um diagnóstico e o seu animal seja tratado de forma adequada.

Obrigado

Carlos Sousa

Gabriela Salgueiro

Boa tardeGostaria de saber se esta ração é boa para as necessidades de um cachorro Labrador. Gratahttps://www.petnest.pt/brit-blue-puppies

O veterinário responde

Boa Noite Gabriela Salgueiro,

A ração questionada apresenta uma boa relação qualidade preço. Em termos nutricionais possui 30% de proteina cuja principal origem é a carne de frango (45%). É uma ração calórica, adequada para cachorros após deixarem o leite materno e até aos 3 meses de idade, porém cada animal é unico e nem sempre eles se adaptam a qualquer ração. Deve fazer a transição gradual e avaliar as fezes e o peso do seu cachorro. Se necessário pode humedecer os grânulos para que possam ser mais facilmente mastigaveis.

 

Obrigado,

Carlos Sousa

 

Teresa

Tenho 2 gatos machos, ambos com 5 anos e esterilizados. Ultimamente um deles tem tentado montar o outro. Eu separo sempre mas ele insiste e volta a tentar e no dia seguinte faz o mesmo. O que faço? Ele acaba por magoar e assustar muito o meu outro gatinho

O veterinário responde

Boa Noite Teresa,

O comportamento de monta pode ser uma demonstração de dominância ou agressividade perante o gato coabitante e não um comportamento sexual uma vez que ambos se encontram castrados. Para evitar a agressividade entre gatos na mesma casa há algumas regras que deve tentar implementar:

1- Assegurar o acesso a múltiplos comedouros, bebedouros e caixas de areia para que os gatos não tenham de competir pelos mesmos;

2- Assegurar o acesso a espaços de descanso, arranhadores e trepadores distintos para que possam estabelecer territórios "próprios";

3- Deve evitar punir os seus gatos quando estas situações acontecem. Estes eventos stressantes podem levar o seu gato a dirigir a agressividade para si.

Caso verifique que cumpre todas estas regras deve tentar implementar enriquecimento ambiental (brinquedos, espaços de lazer) e uso de formulas apaziguadoras (difusor hormonal e catnip). 

De qualquer forma a visita ao seu médico veterinário e sempre importante, devendo-se descartar possíveis patologias que alterem o comportamento do seu gato (dor por exemplo), e , se necessário em casos mais extremos, realizar consulta de comportamento animal.

Obrigado,

Carlos Sousa

Sofia

Bom dia tenho uma pincher super miniatura e está quase com 3 meses, sei que é altura de pensar na esterilização mas gostava de saber o preço que ronda a operação e o tempo.Obrigada

O veterinário responde

Bom dia Sofia,

Nas cadelas, a idade aconselhada para a esterilização é a partir dos 5-6 meses, preferencialmente, antes do primeiro cio. Vários estudos referem que a esterilização antes do primeiro cio (pré-púbere) reduz, significativamente, o risco de  aparecimento de tumores mamários e outras patologias reprodutivas.

Por razões de ordem ética, neste espaço não se revelam preços de procedimentos. Os preços e o tempo das esterilizações podem ser variáveis consoante o local onde é realizado o procedimento.

Sugiro que entre em contacto com o seu médico veterinário para lhe colocar essa questão.

Obrigado,

Carlos Sousa

Iolanda Isabel da Silva Faria

Boa tarde.o meu gato ultimamente tem salivado muito enquanto come chegando mesmo a engasgar , chega a comer vomita logo seguida e volta a comer logo, sempre salivando hoje chegou mesmo a ter sangue na saliva, o que poderá ser?

O veterinário responde

Boa noite Iolanda,

Existem várias causas de vómito: gastroenterite vírica, parasitária, alimentar, ingestão de corpos estranhos (pelo), patologias sistémicas (pancreatites, problemas renais, hepáticos), neoplasias, etc. Assim como compreende não é possível distinguir qual destas causas é a responsável pelos sintomas que refere. O excesso de salivação e o sangue que refere podem também indiciar uma patologia a nível dentário ou da mucosa oral.

Recomendo que procure ajuda do seu médico veterinário de modo a realizar um exame clínico completo, e eventualmente realizar exames complementares para confirmar a origem desses vómitos e iniciar o tratamento adequado.

Obrigado,

Carlos Sousa