Formulário de procura

O Veterinário responde

Fale com o nosso veterinário e esclareça as suas dúvidas..

Pergunta enviada

O nosso veterinário responderá à sua questão em breve.

Saiba tudo
sobre nutrição,
saúde e bem-estar
do seu animal de
estimação.

Conheça o nosso veterinário

Dr. Carlos Sousa

Carlos Sousa, licenciou-se pela Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa em 1991, realizando um sonho que alimentava desde criança.

Completou a sua licenciatura com o estágio curricular, na Faculdade Veterinária de Leon, em Espanha, e no Instituto Veterinário do Parque, em Lisboa.

Trabalhou na União Zoófila de Lisboa, no Consultório Veterinário do Barreiro e no Hospital Veterinário dos Foros, antes de realizar um internato de um ano na École Veterinaire D’Alford, em França, nas áreas de cirurgia, ecografia e medicina interna de animais de companhia.

Carlos Sousa, licenciou-se pela Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa em 1991, realizando um sonho que alimentava desde criança.

Completou a sua licenciatura com o estágio curricular, na Faculdade Veterinária de Leon, em Espanha, e no Instituto Veterinário do Parque, em Lisboa.

Trabalhou na União Zoófila de Lisboa, no Consultório Veterinário do Barreiro e no Hospital Veterinário dos Foros, antes de realizar um internato de um ano na École Veterinaire D’Alford, em França, nas áreas de cirurgia, ecografia e medicina interna de animais de companhia.

Durante este período frequentou diariamente a clínica oftalmológica do conceituado oftalmologista Marc Simon, com quem participou em inúmeras consultas e cirurgias oftálmicas, tendo então despertado particular interesse por esta área.

Ao longo dos 20 anos que se seguiram, participou em centenas de congressos e cursos em todo o mundo.

Realizou por várias vezes períodos de treino prático em Hospitais Veterinários de referência em Espanha, França, Reino Unido e EUA, em áreas como oftalmologia, ortopedia, medicina interna e emergências médicas.

Realizou várias formações na área de Gestão Médica.

Fundou, em 1994, a Clínica Veterinária da Póvoa, que num percurso de crescimento deu lugar ao Hospital Veterinário da Póvoa, onde é atualmente diretor clínico.

Coloque-nos as suas dúvidas

Esta área de perguntas e respostas só está disponível para Portugal. No entanto, poderá consultar em baixo as questões colocadas pelos utilizadores ao nosso veterinário.

Liliana Ignacio

Boa tarde A minha fluffy tem 4 meses!Já tive outros gatos e nenhum tinha o “vício” de morderÉ rara a vez que lhe vou dar um festinha ou pego nela para lhe dar mimos e ela n morda!O que posso fazer para mudar isto? É normal?

O veterinário responde

Boa noite Liliana,

A agressividade que nota na sua gatinha é o reflexo do instinto natural dos gatos que, nesta idade, desenvolvem a "brincar" algumas das suas capacidades inatas, como a caça etc.  Se a sua gatinha se excede nas brincadeiras, antecipe o "ataque" e impeça-o, como por exemplo, fazendo um barulho dissuasor. Ela será surpreendida e não irá morder. Não lhe dê atenção até se acalmar. Ela irá aprender a brincar da forma mais adequada. Introduza no ambiente brinquedos adequados e interativos. Os gatos respondem bem ao reforço positivo, ou seja, o elogio e a recompensa para o comportamento correto e a indiferença para o comportamento inadequado. O mais importante é nunca bater, gritar ou  perder a paciência com a sua gata, pode ficar aterrorizada e tornar-se nervosa e confusa.

Obrigado,

Carlos Sousa

Isabel Vieira

Boa tarde, tenho uma gata que lhe dou um comprimido de 15 em 15 dias para ela não ter gatinhos, acontece que ela agora de 15 em 15 dias anda com o cio, será normal? O que me aconselha a fazer? Obrigada

O veterinário responde

Bom dia Isabel,

A administração da pílula tem contraindicações sérias, e por essa razão não aconselho nunca o seu uso. A sua utilização pode culminar em infeções uterinas e tumores mamários, não sendo como tal, o método contracetivo mais aconselhável. Uma outra opção, de longe a melhor, é sem dúvida a esterilização (ovariohisterectomia) uma vez que é definitiva e traz grandes benefícios na prevenção de doenças do trato reprodutivo. A médio prazo, acaba por ser a solução mais económica.

Obrigado,

Carlos Sousa

Diana Felgueiras

Bom dia. Tenho um coelho anão com perto de 5 meses. Gostava de saber que legumes e fruta e que quantidades pode comer. Dou muito feno e ração 1 vez por dia. Muito obrigada

O veterinário responde

Boa noite Diana,

O âmbito deste site diz apenas respeito ao gato e cão como animais de companhia. Assim, deverá procurar ajuda junto de um médico veterinário especialista nestas espécies.

Obrigado,

Carlos Sousa

Adriana

Tenho uma cadela que perde muito pelo durante o ano inteiro, o que posso fazer para alem de escovar?

O veterinário responde

Bom dia Adriana,

A queda de pelo, quer em cães quer em gatos, é geralmente um processo cíclico e natural. Existem classicamente 2 épocas do ano em que o pelo se renova: a primavera e o outono. No entanto, naqueles animais que vivem em casa, pode ocorrer durante praticamente todo o ano, devido à exposição à luz e temperatura artificiais. A perda de pelo só é considerada um processo natural quando não se encontra acompanhada de outros sintomas, como prurido (comichão), falhas de pelo localizadas, feridas na pele, etc. Para a queda de pelo sazonal existem complexos de vitaminas e ácidos gordos que reduzem significativamente este incomodo e que poderá administrar ao seu cão durante essas épocas.

Obrigado,

Carlos Sousa

Daniela Tavares

Boa Tarde, vou adotar um gatinho bebe, e gostaria de saber qual a melhor marca de ração seca (marcas de supermercado) que lhe posso dar ? estive a pesquisar e dizem que a marca Purina é boa. mas realmente ainda tenho dúvidas. aguardo resposta.cumprimentos

O veterinário responde

Bom dia Daniela,

Existem no mercado uma grande variedade de rações que efetivamente apresentam diferenças de qualidade e de preço. Deverá escolher uma ração que esteja associada a uma marca de referência e indicada para o seu animal (raça, peso, idade, etc). Uma boa ração deverá preencher todas as necessidades nutricionais para os seus gatos, não sendo preciso introduzir outros alimentos.

Deve optar por uma ração de qualidade que eles gostem e que não provoque alterações gastrointestinais, nomeadamente fezes moles. .

Obrigado,

Carlos Sousa