Formulário de procura

O Veterinário responde

Fale com o nosso veterinário e esclareça as suas dúvidas..

Pergunta enviada

O nosso veterinário responderá à sua questão em breve.

Saiba tudo
sobre nutrição,
saúde e bem-estar
do seu animal de
estimação.

Conheça o nosso veterinário

Dr. Carlos Sousa

Carlos Sousa, licenciou-se pela Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa em 1991, realizando um sonho que alimentava desde criança.

Completou a sua licenciatura com o estágio curricular, na Faculdade Veterinária de Leon, em Espanha, e no Instituto Veterinário do Parque, em Lisboa.

Trabalhou na União Zoófila de Lisboa, no Consultório Veterinário do Barreiro e no Hospital Veterinário dos Foros, antes de realizar um internato de um ano na École Veterinaire D’Alford, em França, nas áreas de cirurgia, ecografia e medicina interna de animais de companhia.

Carlos Sousa, licenciou-se pela Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa em 1991, realizando um sonho que alimentava desde criança.

Completou a sua licenciatura com o estágio curricular, na Faculdade Veterinária de Leon, em Espanha, e no Instituto Veterinário do Parque, em Lisboa.

Trabalhou na União Zoófila de Lisboa, no Consultório Veterinário do Barreiro e no Hospital Veterinário dos Foros, antes de realizar um internato de um ano na École Veterinaire D’Alford, em França, nas áreas de cirurgia, ecografia e medicina interna de animais de companhia.

Durante este período frequentou diariamente a clínica oftalmológica do conceituado oftalmologista Marc Simon, com quem participou em inúmeras consultas e cirurgias oftálmicas, tendo então despertado particular interesse por esta área.

Ao longo dos 20 anos que se seguiram, participou em centenas de congressos e cursos em todo o mundo.

Realizou por várias vezes períodos de treino prático em Hospitais Veterinários de referência em Espanha, França, Reino Unido e EUA, em áreas como oftalmologia, ortopedia, medicina interna e emergências médicas.

Realizou várias formações na área de Gestão Médica.

Fundou, em 1994, a Clínica Veterinária da Póvoa, que num percurso de crescimento deu lugar ao Hospital Veterinário da Póvoa, onde é atualmente diretor clínico.

Coloque-nos as suas dúvidas

Esta área de perguntas e respostas só está disponível para Portugal. No entanto, poderá consultar em baixo as questões colocadas pelos utilizadores ao nosso veterinário.

Ana correia

tenho um cão pastor alemão que desde domingo está com dores na pata esquerda traseira ele tem mais ou menos 50kg. Toma cortisona todos os dias queria saber que anti-inflamatório lhe posso dar

O veterinário responde

Boa noite Ana,

Como compreende, apenas o médico veterinário responsável pela prescrição da medicação que refere, conhecendo o caso em pormenor, estará apto para fazer considerações acerca do caso. Assim sendo, e face aos sinais que reporta, recomendo, que o contacte com brevidade.

Obrigado,

Carlos Sousa

Ana Paula

Boa noite tenho uma cadelinha, que está às uns dias com os olhinhos com uma ramela amarela, é fica com eles fechados, tenho limpo com água mas volta ao mesmo, pode me ajudar a perceber o que hei de fazer.,obrigado

O veterinário responde

Boa noite Ana Paula,

A secreção ocular  ("remela") pode ocorrer por diversas causas.  A cor da secreção juntamente com outros sintomas (piscar com muita frequência e/ou manter o olho fechado) indicam patologia ocular. O médico veterinário precisa de instrumentos próprios para poder observar o olho e  precisa também de realizar alguns testes mais específicos (teste de fluoresceína, etc) para avaliar o grau de lesão (queratite superficial; ulcera). Desta forma, poderá diagnosticar e tratar o problema corrente.

Não deve cair na tentação de administrar qualquer medicamento sem aconselhamento veterinário prévio. Muitos fármacos utilizados em medicina humana são tóxicos para os animais de companhia. A limpeza com soro pode ser benéfica porém seria importante obter um diagnóstico preciso.

Obrigado,

Carlos Sousa

Pedro Branco

A minha cadela coça-se muito ao ponto de arrancar o pêlo, mais na zona traseira e das costas.O que recomenda?? O que posso fazer para aliviar?

O veterinário responde

Boa tarde Pedro

Existem diversas causas para o aparecimento de prurido ( ou seja comichão). Estas podem ser de natureza parasitária (quer seja por pulgas, piolhos, ácaros e fungos etc), endócrina ou alérgica.

Assim sendo, recomendo que o seu cão seja consultado pelo seu médico veterinário que, através de um exame físico detalhado, poderá obter um diagnóstico e iniciar a terapêutica mais adequada.

Obrigado,

Carlos Sousa

Olga

Boa tarde A minha gata teve bebes há quase um mês mas preciso de desparasita-lá pois ela foi para a rua e apanhou pulgas O que posso fazer? Posso dar algum desparasitaste? Muito obrigada

O veterinário responde

Boa noite Olga,

Deverá usar um produto indicado para a fase da lactação, e para isso deve consultar um médico veterinário para que este a aconselhe.

O grande problema do controlo das pulgas, não são as adultas, mas a contaminação massiva do ambiente por ovos e larvas que não se vêem, mas perpetuam a infestação. Assim, por cada pulga adulta que se vê, existem centenas de ovos e larvas escondidas: nas carpetes, frestas do soalho, por baixo de móveis, atrás de eletrodomésticos, etc. É, portanto, fácil de compreender que o combate eficaz desta infestação implique matar não só as pulgas que vemos no cão e no gato (5% do problema), mas também, as formas jovens, espalhadas pela casa e zonas exteriores. Existe uma variedade de produtos, que atuam nestas duas frentes:

- Para eliminar as pulgas adultas, estão disponíveis no mercado: coleiras, champôs inseticidas, pós, sprays, gotas de aplicação local (spot on) e comprimidos. Existem várias marcas comerciais com diferentes períodos de ação e diferentes eficácias. Deverá consultar o folheto informativo do produto que pretender, uma vez que a diferentes produtos correspondem diferentes posologias, nomeadamente a idade a partir da qual a sua aplicação é segura.

Para eliminar as formas jovens do ambiente, devemos recorrer a medidas mecânicas, físicas e químicas:

- As alcatifas, camas de animais e áreas de repouso na casa, devem ser aspiradas com um aspirador potente e, no final, deitar fora o saco do aspirador.

- As camas dos animais devem ser lavadas em água bem quente. Não usar palha ou algo similar nas suas camas.

- Existem, ainda, os sprays que podem ser espalhados pela casa e jardim, sobretudo nas zonas mais escondidas, para eliminar as larvas.

Qualquer que seja o método utilizado, evitar o acesso dos animais a zonas que sabemos estarem infestadas (jardins públicos, por exemplo), ajuda bastante.

Poderá optar pela utilização de dois produtos de ação distinta (por exemplo: pulgas adultas e ovos) de forma a eliminar de forma efetiva a infestação.

Aconselho a visualização do vídeo "Pulgas - como combatê-las?", na secção parasitas, aqui no petonline.

Obrigado,

Carlos Sousa

Fábio Quaresma

Boa tarde...Tenho um agapornis com um alto na barriga e não sei o que fazer, só à pouco é que vi isso e estou muito preocupado. O que me aconselha fazer?

O veterinário responde

Boa noite Fábio,

O âmbito deste site diz apenas respeito ao gato e cão como animais de companhia. Assim, deverá procurar ajuda junto de um médico veterinário especialista nestas espécies.

Obrigado,

Carlos Sousa