Formulário de procura

O Veterinário responde

Fale com o nosso veterinário e esclareça as suas dúvidas..

Pergunta enviada

O nosso veterinário responderá à sua questão em breve.

Saiba tudo
sobre nutrição,
saúde e bem-estar
do seu animal de
estimação.

Conheça o nosso veterinário

Dr. Carlos Sousa

Carlos Sousa, licenciou-se pela Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa em 1991, realizando um sonho que alimentava desde criança.

Completou a sua licenciatura com o estágio curricular, na Faculdade Veterinária de Leon, em Espanha, e no Instituto Veterinário do Parque, em Lisboa.

Trabalhou na União Zoófila de Lisboa, no Consultório Veterinário do Barreiro e no Hospital Veterinário dos Foros, antes de realizar um internato de um ano na École Veterinaire D’Alford, em França, nas áreas de cirurgia, ecografia e medicina interna de animais de companhia.

Carlos Sousa, licenciou-se pela Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa em 1991, realizando um sonho que alimentava desde criança.

Completou a sua licenciatura com o estágio curricular, na Faculdade Veterinária de Leon, em Espanha, e no Instituto Veterinário do Parque, em Lisboa.

Trabalhou na União Zoófila de Lisboa, no Consultório Veterinário do Barreiro e no Hospital Veterinário dos Foros, antes de realizar um internato de um ano na École Veterinaire D’Alford, em França, nas áreas de cirurgia, ecografia e medicina interna de animais de companhia.

Durante este período frequentou diariamente a clínica oftalmológica do conceituado oftalmologista Marc Simon, com quem participou em inúmeras consultas e cirurgias oftálmicas, tendo então despertado particular interesse por esta área.

Ao longo dos 20 anos que se seguiram, participou em centenas de congressos e cursos em todo o mundo.

Realizou por várias vezes períodos de treino prático em Hospitais Veterinários de referência em Espanha, França, Reino Unido e EUA, em áreas como oftalmologia, ortopedia, medicina interna e emergências médicas.

Realizou várias formações na área de Gestão Médica.

Fundou, em 1994, a Clínica Veterinária da Póvoa, que num percurso de crescimento deu lugar ao Hospital Veterinário da Póvoa, onde é atualmente diretor clínico.

Coloque-nos as suas dúvidas

Esta área de perguntas e respostas só está disponível para Portugal. No entanto, poderá consultar em baixo as questões colocadas pelos utilizadores ao nosso veterinário.

Paula

A cadela do meu padrasto engoliu um osso, porém ele demorou de levá-la ao vet, quando levou o vet tirou um raio x e viu que o osso estava no esôfago, mas disse que ela não resistiria a cirurgia. Agr está em casa e n come, o que posso fzer p ajudá-la? Obg

O veterinário responde

Boa tarde Paula,

Deverá com a maior brevidade possível contactar o seu veterinário e atualizá-lo da situação, ou consultar um outro colega para uma segunda opinião.

Obrigado,

Carlos Sousa

teresa sousa

Existe alguma medicação para dar a gatos quando fazem uma viagem? A viagem tem a duração de aproximadamente 4h30! Se sim agradeço o nome do medicamento e como dar? Obrigada

O veterinário responde

Bom dia Teresa,

As viagens de carro podem representar um elevado grau de stress para os gatos e alguns deles podem enjoar e até vomitar. Existem medicamentos que permitem diminuir o stress e a nausea, no entanto estes medicamentos só podem ser prescritos pelo seu médico veterinário de acordo com o estado de saúde do gato, idade e peso entre outros fatores.

Aconselho  assim que uns dias antes da viagem procure o seu médico veterinário que poderá prescrever este tipo de solução se achar adequado.

Obrigado,

Carlos Sousa

Constantina

Tenho um papagaio que esta com diarreia que posso dar lhe

O veterinário responde

Boa noite Constantina,

O âmbito deste site diz apenas respeito ao gato e cão como animais de companhia. Assim, deverá procurar ajuda junto de um médico veterinário especialista nestas espécies.

Obrigado,

Carlos Sousa

Esmeralda Coelho

Bom dia, adotei uma cadelinha bebe, com mais ou menos 2 mesinhos, gostaria de saber quais os primeiros procedimentos a ter.Obrigada

O veterinário responde

Boa tarde Esmeralda,

A primeira vacina deverá ser efetuada às 6 semanas de idade. Esta primeira vacina permite que o seu cão comece a criar as suas próprias defesas contra uma das principais doenças que afetam os cachorros (parvovirose). Após 3/4 semanas, deverá fazer o 1º reforço contra a parvovirose, protegendo-o ainda contra várias outras doenças, como sendo: esgana, hepatite infeciosa canina, tosse do canil e leptospirose. 4 semanas depois, deverá fazer o 2º reforço. Até completar a primovacinação (programa vacinal inicial), o cachorro não deve passear em locais passíveis de ser frequentados por animais não vacinados e ter contato com animais doentes. A partir dos 4 meses deve fazer a vacina da raiva (obrigatória por lei), sendo que é geralmente feita por volta dos 6 meses de idade. Este é apenas um esquema vacinal frequente, mas deve ser o médico veterinário que fizer o exame clinico do seu cão a estabelecer o programa vacinal mais adequado, de acordo com diversos fatores. Em caso de animais adultos deverão ser efetuadas apenas 2 reforços com um intervalo de 1 mês entre ambos.

Tenha em conta que o custo inerente à vacinação varia, pelo que deverá contactar diretamente o local que selecionou para assistir o seu cão e esclarecer-se sobre os preços aí praticados.

Obrigado,

Carlos Sousa

paulo

boa tarde reparo que o meu gato vai a areia e nao consegue defectar e urinar o que fazer

O veterinário responde

Boa noite Paulo,

O facto de a sua gata não conseguir urinar constitui, por si só, uma emergência médica, uma vez que poderá estar com uma obstrução urinária. Uma obstrução urinária pode colocar em risco a sua vida, pelo que, recomendo que ela seja consultada com a maior brevidade pelo seu médico veterinário.

Obrigado,

Carlos Sousa