Formulário de procura

Com que frequência devem os donos de animais ser desparasitados?

Saúde

00:00
5
A sua classificação: Nenhum (3 votes)

Enviar vídeo a um amigo

Preencha os campos indicados em baixo.

Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

O vídeo foi enviado.

Ocorreu um erro ao enviar o seu vídeo.

Tente novamente.

Descrição

A resposta a esta pergunta depende do estado de desparasitação do animal de companhia.

A resposta a esta pergunta depende do estado de desparasitação do animal de companhia.

Se o seu cão ou gato for acompanhado desde o início por um médico veterinário, estará geralmente livre de grandes infestações parasitárias e, portanto, o risco de contágio torna-se diminuto. De todas as formas, como sabemos os cães e gatos cheiram, lambem e comem muita coisa fora do nosso alcance, sobretudo os que têm acesso ao exterior. Assim, mesmo os que estavam desparasitados voltam a infestar-se, podendo tornar-se de novo fonte de contágio para os proprietários.

Assim sendo, se o seu animal tem acesso frequente e não controlado ao exterior, sobretudo em zonas rurais com mais animais, deverá ser desparasitado cerca de 4 vezes por ano. Da mesma forma, se convive com crianças pequenas que frequentemente levam as mãos e objetos à boca, também deverá ser desparasitado, 4 a 5  vezes por ano. O mesmo procedimento de aplicação caso conviva com mulheres grávidas.

No entanto, se for um animal de cidade, que quase nunca sai de casa nem vai a zonas de risco (jardins muito frequentados por ex.) e  não convive com outros animais, poderá ser apenas necessário desparasitá-lo 2 vezes por ano.

Quanto aos donos, a resposta deverá ser dada pelo pediatra no caso das crianças ou obstetra nas mulheres grávidas, a quem deve referir que animais tem e como vivem.

Normalmente, um adulto saudável poderá ser desparasitado apenas uma vez por ano, se não existir um risco acrescentado especial. Esta desparasitação dos donos deverá coincidir com uma das desparasitações dos animais da família.