Formulário de procura

Panleucopenia

Saúde

00:00
A sua classificação: Nenhum (2 votes)

Enviar vídeo a um amigo

Preencha os campos indicados em baixo.

Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

O vídeo foi enviado.

Ocorreu um erro ao enviar o seu vídeo.

Tente novamente.

Descrição

A panleucopenia felina é uma doença altamente contagiosa causada por um vírus (parvovirus). Esta doença afeta principalmente gatos jovens não vacinados, provocando uma infeção em todo o organismo e atingindo sobretudo o intestino.

A panleucopenia felina é uma doença altamente contagiosa causada por um vírus (parvovirus). Esta doença afeta principalmente gatos jovens não vacinados, provocando uma infeção em todo o organismo e atingindo sobretudo o intestino.

A transmissão do vírus é feita através das excreções (fezes, urina e saliva) de gatos infetados. Se uma fêmea gestante contactar com o vírus, pode abortar ou dar à luz gatinhos infetados, que morrem antes de atingirem as 4 semanas de idade.

Em casos agudos, o animal apresenta falta de apetite, desidratação, vómitos, diarreia com sangue e mau estar generalizado. Em casos hiperagudos, o animal manifesta depressão, dor e temperatura mais baixa do que o normal, podendo morrer em 24 horas.

Embora o tratamento específico não exista, alguns gatos infetados podem sobreviver quando hospitalizados e quando prestados cuidados intensivos (soro e medicação injetável), sendo o prognóstico sempre reservado.

O vírus da panleucopenia felina persiste durante muito tempo no ambiente e é resistente à maioria dos desinfetantes, o que torna o risco de contágio muito elevado, mesmo sem o contacto direto com o animal infetado. É necessária uma limpeza com lixívia para eliminar o vírus. A vacinação apresenta-se como uma excelente proteção contra esta doença, sendo portanto essencial que seja incluída no plano vacinal dos gatos.

Comentários