Formulário de procura

Hepatite

Saúde

00:00
A sua classificação: Nenhum (1 vote)

Enviar vídeo a um amigo

Preencha os campos indicados em baixo.

Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

O vídeo foi enviado.

Ocorreu um erro ao enviar o seu vídeo.

Tente novamente.

Descrição

A hepatite infeciosa canina é causada por um vírus (adenovírus canino tipo 1), que provoca alterações hepáticas graves.

A hepatite infeciosa canina é causada por um vírus (adenovírus canino tipo 1), que provoca alterações hepáticas graves.

Estas hepatites caninas não são contagiosas para os humanos, mas são muito contagiosas para outros cães.

A transmissão ocorre por contacto com as secreções (urina, saliva, fezes e sangue) de um cão doente com um cão que não esteja vacinado.

Os sinais clínicos caraterizam-se por febre, vómitos, diarreias (por vezes, com sangue), dor abdominal, tosse, hemorragias e edema da córnea (“olho azul da hepatite”).

Podem, ainda, notar-se sinais a nível do sistema nervoso central como desorientação, depressão, estupor, coma, e ataques convulsivos.

A hepatite em cachorros tem sintomas semelhantes a uma outra doença, mais frequente - a parvovirose.

O diagnóstico definitivo pode ser obtido através de exames laboratoriais.

O tratamento recomendado consiste em soro e outros tratamentos de suporte até que possa ocorrer recuperação e regeneração do fígado. Apesar de muito grave e fatal quando não é tratada, se corretamente diagnosticada e tratada, a hepatite infeciosa canina tem elevadas taxas de sobrevivência.

A vacinação é altamente efetiva na prevenção e devido à sua eficácia, a incidência da doença é, atualmente, muito baixa.

Comentários