Formulário de procura

Yorkshire Terrier

A origem do Yorkshire Terrier não é muito consensual. Pensa-se que o seu aparecimento está associado à própria história da Grã-Bretanha.

5
A sua classificação: Nenhum (27 votes)

Enviar artigo a um amigo

Preencha os campos indicados em baixo.

Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

O artigo foi enviado.

Ocorreu um erro ao enviar o seu artigo.

Tente novamente.

Origem: Grã-Bretanha;

Breve história: A origem do Yorkshire Terrier não é muito consensual. Pensa-se que o seu aparecimento está associado à própria história da Grã-Bretanha. Assim, julga-se que com a Revolução Industrial, muitas famílias escocesas migraram, levando consigo os seus cães para o Condado de Yorkshire, em Inglaterra. Esta migração levou ao cruzamento espontâneo entre Scottish Terrier, Cairn Terrier, Black and Tan English Terrier, Airedale Terrier, Dandie Dinmont, Skyie Terrier, Maltês, etc. Nessa altura, o Yorkshire foi utilizado não só como cão de companhia, mas também como caçador de ratos das minas de carvão.

Com o passar dos anos, o Yorkie começou a ser adotado pelos aristocratas, tornando-se um cão de luxo e, hoje em dia, é o cão miniatura mais popular do mundo;

Tamanho: Até 3,1 Kg;

Esperança média de vida: 15 anos;

Pelagem: Pelo comprido, liso, fino e sedoso. As cores permitidas são o azul aço escuro (que se estende desde a parte de trás da cabeça até à base da cauda) e um tom ruivo intenso (na zona do peito, nos pés e face). Os pelos ruivos são mais escuros na raiz e vão aclarando até à ponta. Quando nascem, os cachorros são todos pretos e à medida que crescem, o pelo vai adquirindo o tom azul aço escuro.

Necessita de escovagem diária e de cuidados de higiene e beleza mensais;

Temperamento: Corajoso, ativo, cheio de vida e de personalidade forte. Teimoso e, por vezes, até obstinado. Afetuoso, mas exige muita atenção. Convive melhor com os adultos do que com as crianças. Dominador, é capaz de atacar cães maiores. Ladra bastante. Necessita de educação rigorosa;

Adaptado a: Interior;

Problemas de saúde mais comuns: problemas oculares (cataratas, queratoconjuntivite seca), problemas dermatológicos e problemas respiratórios (colapso traqueal).