Formulário de procura

Pug

Raça muito antiga que terá vindo da China e terá origens idênticas às do Mastin ou do Dogue do Tibete.

5
A sua classificação: Nenhum (112 votes)

Enviar artigo a um amigo

Preencha os campos indicados em baixo.

Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

O artigo foi enviado.

Ocorreu um erro ao enviar o seu artigo.

Tente novamente.

Origem: Grã-Bretanha;

Breve história: raça muito antiga que terá vindo da China e terá origens idênticas às do Mastin ou do Dogue do Tibete. Após a chegada à Europa, foi desenvolvida na Inglaterra, no século XVII. Os ingleses criaram duas famílias: Carlin-Morisson (pelagem fulva) e Carlin-Willoughby (pelagem é a mistura de preto e café com leite). Estas duas famílias fundiram-se em 1886. A designação de Pug, em Inglaterra, deve-se à sua face achatada (“pug-nose”- nariz achatado). Na Alemanha, é conhecido por “Mops” e na frança por “Carlin”;

Tamanho: entre 6.3 a 8.1 Kg;

Esperança média de vida: 12 a 14 anos;

Pelagem: prata, damasco, fulva ou preta. O pelo é fino, liso, macio, curto e brilhante. Deve ser escovado duas a três vezes por semana;

Temperamento: meigo, sensível, afetuoso, bom companheiro, mas seletivo e desconfiado. Adapta-se bem à vida em apartamento, mas necessita de breves passeios diários. Não suporta o calor, uma vez que tal como todos os braquicéfalos, está predisposto ao síndrome de obstrução das vias respiratórias;

Adaptado a: Interior e exterior;

Caraterísticas inatas: Cão de companhia;

Nível de adaptação a companhia: Bom;

Problemas de saúde mais comuns: problemas neurológicos (encefalite), problemas respiratórios (síndrome respiratório obstrutivo dos braquicéfalos), problemas cardíacos (insuficiência valvular) e tumores.